topbella

domingo, 2 de dezembro de 2012

O SOLITÁRIO DO SAMBA

Na CIDADE DE ARAM, sair à noite é um desafio. Isso porque as opções para diversão são muito restritas. Metaforicamente falando é como se você chegasse a um restaurante, lesse o cardápio e ficasse em dúvida se pede filé à sertaneja, peru à sertaneja, lasanha à sertaneja, pato à sertaneja, pizza à sertaneja ou chambari à sertaneja” Quero deixar bem claro que não tenho nada contra o molho sertanejo, acho delicioso, mas também gostaria de ver no cardápio o molho clássico, o molho forró, o molho baião, o molho carimbó, o molho batuque , e, claro o meu molho predileto “o molho ROCK’N ROLL”. Então, em uma bela noite, visitando à Cidade de ARAM, descobri que haveria mudança no cardápio de diversões. Resolvi experimentar a NOITE com molho SAMBA. Novidade deliciosa, imaginei. E o molho era da melhor qualidade......tinha temperos que variavam de Adoniram Barbosa a Chico Buarque de Holanda. Quando ouvi o gosto do molho, meu corpo simplesmente enlouqueceu. Era como se não conseguisse conter meus pés que queriam dançar sozinhos. Foi difícil controlar, porque me senti como uma palmeira às margens da praia em manhã de ventania. Como não se balançar com o vento? Observei que as pessoas estavam gostando do molho Samba, mas pareciam ter receio de comer. Metaforicamente falando, é como se você tivesse com muita fome, chegasse o prato principal e todo mundo ficasse só olhando. Entenderam? Ninguém se mexia........... Então, um rapaz faminto pelo molho samba, como eu, ousou e desafiou a plateia presente. Levantou da sua mesa e começou a dançar em frente à banda samba da melhor qualidade, SOZINHO. Todo mundo ficou pasmo. E que molejo tinha o desafiador, que ginga, que encanto.... Olhando-o dançar, a fome aumentou mais, tenho certeza. Então pensei “Agora todo mundo vai levantar e provar o MOLHO SAMBA”. Doce ilusão! Todos continuaram sentados.....alguns ousaram balançar as cabeças........bater tímidas palmas... Metaforicamente falando é como se você fosse a um restaurante, chegasse o prato principal e você só o beliscassse, comedidamente. E assim decorreu toda a noite. Somente o ousado dançarino solitário sorveu todo o molho samba. Ele dormiu satisfeito, tenho certeza. Reflito que há diferentes formas de degustar os molhos da vida. A CIDADE DE ARAM é prova disso.

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Sobre Mim

Minha foto
Elienai Lorelai
Sou alguém que brinca com as palavras para redimensionar fatos da realidade. Afinal, a VIDA é muito mais linda com um toque de literatura e poesia. Boa leitura a todos!
Visualizar meu perfil completo
 
Blog da Elienai©